segunda-feira, 6 de novembro de 2017

A verdade seja dita.



Há uma frase que amo: "Me diga a verdade. Eu decido se ela dói ou não."

Esta fala me traduz totalmente.

Eu gosto de ouvir a verdade, nua e crua, tal qual está dentro de quem a diz.

Muitas vezes dói ouvir a verdade. Mas ainda assim, a prefiro do que a falsidade ou a omissão.

A verdade nos permite entender o outro e até mesmo nos possibilita repensar conceitos sobre nós mesmos ou sobre a vida.

A verdade, ainda quando dói, jamais deveria ser considerada ofensiva.

A verdade, ao contrário, deveria ser considerada um presente. Mesmo quando é difícil de ouvir.

Sempre que eu penso em parar de dizer o que tem dentro de mim, eu me lembro desta frase.

Que eu seja sempre forte para receber a verdade que o outro tem a me dizer, mesmo que ela não venha da forma que quero.

E que eu seja serena para filtrar o que posso reter e remodelar em mim a partir do que ouço.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Instagram

Postagens mais visitadas